sábado, 8 de novembro de 2008

Economia no Distrito de Boa Vista










Escola Estadual José Rodrigues dos Santos realiza Feira Científica e Cultural
No último dia 24 de outubro a Escola Estadual José Rodrigues dos Santos, no Distrito
de Boa Vista, a 32 km de Rondonópolis, realizou a Feira Científica e Cultural 2008. A feira reuniu trabalhos de nove meses dos alunos, fruto de pesquisas realizadas sob a orientação dos professores e da equipe gestora da escola.
Partindo do pensamento de que as duas maiores invenções da humanidade, que determinaram o formato de civilização do homem, a roda e o controle do fogo, não foram criados por cientistas, mas por homens comuns, através da observação e experimentação, os alunos foram convidados a pesquisar a evolução econômica do Distrito desde o ano de 2000, quando a Feira foi criada.
Para que isso fosse possível, desde o início do ano, os alunos realizaram pesquisas
e entrevistas com diversos segmentos que compõem a comunidade econômica do Distrito. De forma organizada, eles envolveram a população nos trabalhos de preparação e realização da Feira, com retorno das informações e doações de matérias primas.
O Distrito como região sucroalcooleira influenciou o foco da feira, que apresentou manufaturados da cana, além de derivados do milho, leite, frutas, além de mostrar o setor de serviços. Estes itens foram trabalhados através de comparativo entre a edição 2000 da feira e a edição atual, por meio de folhetos, levantamentos fotográficos e degustação de produtos in natura e seus derivados.
Mas o grande diferencial da feira foi o trabalho sobre piscicultura (peixes) e
estrutiocultura (avestruz). Duas atividades incorporadas recentemente à economia local e que mereceram especial atenção dos alunos, que realizaram levantamento criterioso do ciclo dessas atividades. Isto envolveu o ciclo vital, potencial de mercado e produtos derivados, caso da exposição dos alevinos, tanques de peixes, caracterização das espécies e derivados de peixes.
A criação de avestruz, uma atividade recente do Centro-Oeste, recebeu atenção especial dos alunos, com a exposição de dois exemplares e degustação da carne.
Por ser de conhecimento de poucos, os alunos mostraram que do avestruz aproveita-se a carne, as penas, o couro e os ovos. Da sua carne derivam inúmeros pratos, apresentados na feira com grande sucesso, inclusive com a publicação de um folheto de receitas.
Todo este esforço dos alunos e da equipe gestora da escola foi encerrado com palestras e explanações sobre os temas abordados no evento e um resumo dos resultados do esforço acadêmico, tanto de alunos e professores, quanto de palestrantes convidados.
HELENICE STELA
Assessoria/Seduc-MT

Nenhum comentário: