terça-feira, 23 de novembro de 2010

XIII ENCONTRO DE PROFESSORES DE INGLÊS DA APLIEMT

Nos dias 19 e 20 de novembro aconteceu o XIII encontro de professores da Associação de Professores de Língua Inglesa de Mato Grosso com o tema: Que professor sou eu? ( What teacher am I?) na UFMT (Cuiabá). O encontro teve a presença da Dra. Luciana C. de Oliveira (Purdue University) proferiu a palestra: Similarities and Differences bettween Teaching English as a Foreing Language (EFL) and teaching English as a Second Language (ESL) e participou da round table (mesa redonda). O encontro também contou com a participação de Jorge Teixeira (consultor da Longman) que apresentou um workshop-“ How to teach English with Technology” e uma plenary: Como manter professores motivados. Além do workshop e plenaries os professores puderam participar com papers (comunicação) e do fórum de professores de Escola Pública com o objetivo de trocas de experiências e dialogo sobre “ Que professor sou eu?”

A professora formadora de Língua Inglesa do CEFAPRO de Rondonópolis Elizabeth Silva participou da comunicação com o trabalho: a Língua Inglesa nas Orientações Curriculares, no qual relatou sobre a experiência de participar do processo de sistematização das contribuições advindas, primeiro, dos CEFAPROS e depois das escolas e do diálogo com os consultores.


Resumo do trabalho apresentado no encontro:

A Língua Inglesa nas Orientações Curriculares de Mato Grosso

SILVA, Elizabeth


RESUMO: As Orientações Curriculares do Estado de Mato Grosso, lançadas no mês de setembro deste ano, passaram por várias etapas até o seu lançamento. Foram instituídos grupos de trabalhos (GT) com professores convidados dos Cefapros e Seduc para a sistematização das contribuições advindas dos Cefapros e escolas, além disso, nós do GT, contribuímos mediando e dialogando com os consultores. De acordo com a Seduc as orientações devem ser vistas e utilizadas, não como sugestão, mas como o tom, a cor que se deve ter a educação no estado. Nesse sentido, as orientações para o ensino de Língua Inglesa configuram um cenário de oportunidades de acesso aos conhecimentos específicos da língua bem como a cultura a ela atrelada de maneira que o estudante possa valorizar a sua própria cultura e reconhecer-se como cidadão de um mundo globalizado, respeitando assim a diversidade existente.


Palavras- chaves: Orientações Curriculares- grupos de trabalho-ensino- Língua Inglesa


Colaboração
Profª Formadora
Elizabeth Silva



Nenhum comentário: